• 9 Setembro, 2022

O protocolo entre a Fundação do Desporto (FdD), o Centro de Alto Rendimento do Pocinho (Foz Côa) e a Associação de Atletas Olímpicos de Portugal (AAOP) decorreu esta sexta-feira no Centro de Alto Rendimento do Pocinho, em V.N. de Foz Côa.
A cerimónia contou com a presença do presidente do Conselho de Administração da Fundação do Desporto, Paulo Frischknecht, do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, da secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, do presidente da Câmara Municipal de V.N. de Foz Côa, João Paulo Sousa, do presidente da AAOP, Luís Monteiro, do coordenador da Rede de Estações Náuticas, António José Correia, do Diretor Executivo da FdD, Paulo Marcolino, entre várias outras entidades.
Entre as entidade presentes estiveram Joana Pratas, vice-presidente da Associação dos Atletas Olímpicos de Portugal; José Manuel Lourenço, Presidente do Comité Paralímpico de Portugal; Carlos Paula Cardoso, presidente da Confederação do Desporto de Portugal e Membro do CA da FdD; Anabela Reis, vice-presidente da Confederação do Desporto de Portugal e vice-presidente do Conselho de Fundadores e Curadores da FdD; Vítor Dias, diretor regional do IPDJ, IP / Norte; Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol; Horácio Bento de Gouveia, presidente da Federação Portuguesa de Badminton; Luís Arrais, presidente da Federação de Ginástica de Portugal; Alexandre Esteves, vice-presidente da Federação Portuguesa de Natação; Miguel Pacheco, administrador da DESMOR, EM / CAR de Rio Maior; Mário Duarte, diretor do departamento com o Desporto da Câmara Municipal de V.N. de Gaia e responsável pelo CAR de V.N. Gaia; João Zamith, diretor do CAR de Viana do Castelo; Vânia Cruz, membro da CGL do CAR de Viana do Castelo, Paulo Queirós, diretor do CAR da Maia; Wilson Costa, coordenador do CAR da Maia; António Moreira, membro da Comissão Permanente do GPA Centro, da Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto e membro do Conselho Nacional do Desporto; e os atletas olímpicos Eduardo Gomes, Joaquim Queiróz e Rosa Mota.
O protocolo visa promover a cooperação entre as partes signatárias, em especial criando condições para acesso dos associados da AAOP aos CAR, reconhecendo-os como agentes desportivos relevantes, inclusive, na promoção destas infraestruturas especializadas. Os associados da AAOP comprometem-se, por seu lado, a promover e a desenvolver atividades a favor da comunidade, em áreas como a promoção da cidadania e dos direitos humanos, da educação, cultura, ciência, desporto, associativismo jovem entre outras.
“Este acordo de vontades estabelece os eixos para a cooperação entre ambas as entidades, que potencie a mais-valia que representam os atletas olímpicos para o desenvolvimento desportivo”, explicou o presidente da Associação dos Atletas Olímpico de Portugal (AAOP), Luís Alves Monteiro.
“Este protocolo vem facultar aos atletas olímpicos em pós carreira os benefícios para utilização destes equipamentos desportivos, mas também a possibilidade de intervirem em termos do melhoramento da cultura desportiva”, frisou o dirigente.
“A cooperação abrange a promoção da Rede Nacional de Centros de Alto Rendimento, a promoção dos atletas olímpicos como agentes desportivos, formação, capacitação e qualificação, e o intercâmbio de conhecimento técnico, podendo tomar diferentes naturezas, tipologias e formas”, concretizou Luís Alves Monteiro.
Por seu lado, Pedro Duarte, vice-presidente da câmara de Foz Côa, salientou o objetivo da promoção e divulgação do CAR do Pocinho, através dos atletas de categoria olímpica, quer a nível nacional e internacional: “Acreditamos que os atletas olímpicos trazem uma notoriedade desportiva importante para a nossa afirmação enquanto destino para a prática desportiva de alto rendimento”, vincou o autarca.
A cerimónia foi integrada num conjunto de alargado de cerimónias, entre as quais a inauguração dos Passadiços do Côa se realiza no Museu do Côa.

Galeria de Fotos